sexta-feira, maio 12, 2006

DEADLINE NOW
“Deadline Now!” é uma tragédia urbana, a exploração de um estado invasivo imposto pela sociedade da hiper produtividade, de uma disponibilidade permanente que submete o indivíduo contemporâneo…
É o reino implacável do imediatismo! A vida em tempo real.
Tudo se passa aqui e agora, sempre mais! Sempre mais depressa
O que me interessa é o que posso obter agora!
“Deadline Now!” é o estado de urgência, é o futuro que dita o teu presente, tudo deve estar feito e recebido, no imediato e simultaneamente, esta sagração do presente faz desaparecer a minha realidade.
Demasiado medo do tempo vazio, onde não se passa nada.
Demasiado medo do aborrecimento.
Demasiado medo de si.
As personagens do espectáculo são levadas num fluxo incontrolável, demasiado felizes de esquecer a sua morte, eles esquecem-se da vida.
Mas e se “Deadline Now” fosse, finalmente, o alarme último, aquele que desencadearia uma reacção alérgica a esta submissão ao imediatismo, que despertasse em nós esse desejo de uma outra temporalidade?...
Flore Magnet

1 comentário:

gomes disse...

tenho que vos dizer que o vosso espectaculo. A-L-T-A-M-E-N-T-E.
gostei muito. continuem.